Daniela Paulino

 

Quando Daniela Paulino cursou a faculdade de fonoaudiologia, pensava em trabalhar com crianças, mas não imaginava que pudesse exercer a atividade com bebês. Após se formar e iniciar sua carreira na área de áudio ocupacional, em 2010 com a sanção da Lei da Triagem Auditiva Neonatal, popularmente conhecida como “teste da orelhinha”, fez diversos cursos de aprimoramento e se inseriu no ambiente hospitalar.

Trabalhando em hospitais, foi com o surgimento de demandas por atendimento sobre amamentação que decidiu fazer pós-graduação na área neonatal. Durante o curso, sua amiga Kely Carvalho a convidou para fazer parte de sua equipe num hospital de São Paulo. Mesmo com pouca experiência prática, entrou de cabeça na área e foi se encantando pelo trabalho com bebês e aleitamento materno. Durante anos trabalhou em maternidades e UTIs neonatais.

A maternidade foi importantíssima nas mudanças que viriam ocorrer no campo profissional. Durante o puerpério, quando se tornou mãe do Francisco – hoje com 2 anos – conheceu a Lumos. No retorno ao trabalho, decidiu que estava pronta para novos desafios e iniciou os atendimentos como consultora em amamentação e a Lumos a acolheu novamente, agora como profissional. 

“A Lumos chegou no momento em que eu mais precisava. Entrei aqui como mãe e fui muito bem acolhida nos grupos, fiz amizades, encontrei uma rede de apoio que me ajudou a mudar e fez toda a diferença na minha vida e na do meu filho. Hoje sou profissional da casa que me acolheu e procura realizar este trabalho com outras mulheres e bebês.“